Regatas nacionais preparam para Europeu

Foram dias difíceis para António Nóbrega e António Calaça. Contratempos na viagem, alguma dificuldade de adaptação ao meio, falta de vento, nervosismo e outras peripécias nas largadas.

Em competição estiveram 6 embarcações duplas de 303 e 13 individuais de 2.3. No primeiro dia de regatas, quase sem tempo para recuperar da viagem, os velejadores do Naval  ainda assim, tiveram boas  condições para realizar a primeira regata muito embora o vento só tenha dado um ar da sua graça pelas 17h00. Desde as 13h00 dentro de água, os resistentes atletas voltaram a terra já pelas 20h30. Ao longo dos três dias foi assim, espera pelo vento e vários cancelamentos com um verão ainda atrasado. António Nóbrega ainda alcançou a quinta posição na embarcação singular e Calaça, ficou pelo oitavo posto na embarcação 303.  Com três dias de regresso à região para descanso, os atletas preparam-se agora para partir esta quinta feira para o Campeonato da Europa da Classe Hansa, a quem se junta Mónica Mendonça. Sendo o mesmo campo de regatas,  em Portimão, o técnico Pedro Correia, acredita que a experiência dos nacionais seja uma vantagem para os atletas.

PDFResultados

Partilhar