Home
Home
 
 
Notícias Geral


24-04-2012NATAÇÃO - Sábado há festa nas piscinas do Naval


O Clube Naval do Funchal apresentou segunda-feira o II Torneio Cidade do Funchal, que reunirá, no próximo sábado, nas nossas piscinas, na Nazaré, mais de 200 nadadores, entre os quais cerca de 30 no Clube de Natação de Alcobaça.

Fomentar a competição

Mafalda Freitas falou do objectivo da prova. «Pretendemos dinamizar as nossas piscinas, rentabilizá-las cada vez mais trazendo atletas do exterior e fomentando a competição, porque é este o fundamento da natação», explicou a Presidente do CNF, recordando ter sido nesta modalidade que o clube teve o seu primeiro atleta olímpico. «A natação tem tido no Naval um desenvolvimento notório ao longo dos anos. Temos uma secção com mais de cem federados e cerca de mil praticantes nas nossas instalações, desde bebés até aos mais de 65 anos.»

Surpresas em agenda

O torneio incluirá provas de natação adaptada com nadadores da Associação Portuguesa de Deficientes (Delegação da Madeira) e terá presença também de antigos nadadores e convidados surpresa. «O desafio foi tentar mostrar que, ao longo dos anos, o Naval teve vários nadadores com necessidades especiais e que foram integrados, em alguns casos, com bons resultados a nível nacional», explicou André Cunha, Coordenador da natação navalista. «Este ano o torneio não terá a dimensão do ano passado porque a conjuntura não permite que mais equipas se desloquem à Madeira. Teremos CN Alcobaça, que tem uma escola com muita qualidade, coloca muitos atletas nas selecções nacionais, com uma comitiva de 32 elementos, desde cadetes a seniores. Será uma mais valia em termos de aprendizagem, para percebermos que caminhos poderemos seguir para melhorar a nossa própria escola.» Bruna Paulino, medalhada no Nacional de Juniores, e Nuno Feliciano, Campeão Nacional de Infantis e agora referência nacional nos juniores, são os nadadores de topo dos alcobacenses.

Coragem navalista

Pedro Calado, Vereador do Município do Funchal para o Desporto, elogiou a atitude do Naval. «Parabéns pela coragem de dar continuidade a este torneio num momento em que todos nós fazemos contas e nos deparamos com dificuldades. É nestes momentos que sentimos a importância deste tipo de eventos e é por isso que a Câmara Municipal do Funchal não se cansa de os apoiar. Atrás do desporto há sempre grande movimentação social, há sempre dinamização local, directa e indirectamente, e neste caso há também inclusão social, porque o Naval está a trabalhar com deficientes», sublinhou, fazendo um apelo. «Não se deixem constringir pelas dificuldades que hoje existem. Tenho ouvido falar muito, infelizmente, de piscinas e aquecimento de água, etc., como um entrave ao desenvolvimento da modalidade, mas há não muitos anos atrás não existiam piscinas aquecidas ou metade das condições que hoje existem e já tínhamos grandes atletas. Era outra realidade, mas a verdade é que, quando queremos, conseguimos suplantar as dificuldades. Veja-se o exemplo dos deficientes: quais as maiores dificuldades senão as próprias limitações físicas que possamos ter?»

Segundo Calado, o CNF é também um bom exemplo de gestão. «É uma instituição que merece todo o nosso carinho. Vai demonstrar, mais uma vez, que com pouco se consegue fazer muito, multiplicando os poucos recursos e mostrando que vale a pena. Com dinheiro toda a gente sabe gerir, com pouco dinheiro é que é difícil gerir e é assim que se consegue detectar as verdadeiras Direcções, que conseguem levar por diante este tipo de iniciativas. A cidade do Funchal agradece.»

Refira-se que durante todo o dia haverá animação no polidesportivo anexo às piscinas, onde não faltará as tradicionais barraquinhas de comes e bebes. «Também para angariarmos alguns fundos para que a secção subsista com a qualidade a que nos habituou», concluiu André Cunha.

 Cartaz e Programa

Imprimir | 
© 2007 Clube Naval do Funchal - Todos os direitos reservados - Developed by Alencastre.net - Powered by Dynamicweb CMS