Clube Naval do Funchal apresenta Regata RIM em Porto Santo

Foi hoje pelas 12h00 em Porto Santo, realizada a apresentação pública da VI Regata RIM – 6ª Prova da Taça da Madeira em vela de Cruzeiros.

Tendo como anfitrião o naval local, a apresentação contou com a presença de Filipe Menezes de Oliveira – Presidente da Câmara Municipal do Porto Santo, Nuno Camacho e Pedro Brito – Presidente e vice-presidente do Clube Naval do Porto Santo, e claro que está, com a presidente do CNF, Mafalda Freitas.

Sendo uma das mais antigas e emblemáticas regatas, a mesma decorrerá entre os mares da ilha da Madeira e Porto Santo, nos dias 11 e 15 de Agosto.

A apresentação começou pela voz de Mafalda Freitas, que depois dos formais agradecimentos à câmara Municipal, e ao clube Naval do Porto Santo, parceiro de longa data do CNF, fez a apresentação do cartaz do evento. Esta regata terá o seu início às 20 horas de sexta-feira, com a largada das embarcações de baía de Santa Cruz e chegada prevista na madrugada de sábado, ao Porto Santo para uma etapa que se prevê com uma distância de cerca de 31 milhas náuticas. Durante a estadia e ao longo do fim-de-semana irão decorrer alguns eventos sociais, como um almoço convívio no Hotel vila Baleira para todos os tripulantes e seus acompanhantes, sendo que as embarcações estarão de regresso as 11h30 do dia 15. Mafalda Freitas, aproveitou o momento para convidar a todos os “veraneantes a assistir ao bonito colorido que a regata trará na próxima 3ªFeira à baía de Porto Santo” aquando do seu regresso.

De seguida tomou a palavra Filipe Menezes de Oliveira que ressalvou a importância do Município do Porto Santo apoiar este tipo de eventos, dadas as excelentes condições do anfiteatro da baía porto-santense e subsequentemente anunciou a criação de um gabinete do Mar no Município, prevista já para o próximo mandato, integrado nas comemorações dos 600 anos de descoberta da primeira ilha Portuguesa.

Para finalizar Nuno Camacho interveio, frisando a vontade de organizar mais regatas num futuro próximo, dado esta ser a única deste género anualmente em Porto Santo, e faz votos que no futuro com o apoio da autarquia, poderão se abrir portas a uma maior promoção e divulgação do mar da ilha Dourada.

Partilhar